Dualidade

⛩️ Fil 1, 23

Sinto-me pressionado dos dois lados

💪🏼 Ser luz ou trevas, bom ou mau, expansivo ou contrativo, se arriscar ou proteger, ligar ou esperar que liguem, exercer o feminino ou o masculino? Jaquin ou Boaz?

Enquanto ficamos presos na dualidade crendo piamente que um ou outro devem ser escolhidos, o desapegar-se de tudo ou se conectar a algo, do ser ou não ser, estamos assim encarcerados na árvore da morte. A mente acorrenta e flagela fazendo crer que uma opção apenas é válida. A transcendência da dualidade liberta a mente para a percepção de que as emoções, intuições, espiritualidade, e demais aspectos do ser estão em movimento harmônico. Seja e não seja, para além de ser. Ver mais cores além de branco e preto. O casamento alquímico se dá no equilíbrio dos dois pilares, na complementariedade.

👰 Malone

Música: Columns, Portage.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s