Desperta!

😴 Sl 56/57

Desperta, minha alma, desperta!
Despertem a harpa e a lira,
e irei acordar a aurora!

🤭 Nas trevas de nossas sombras nos damos conta de nosso sono pesado, olhando para dentro de nosso interior, de nossas ilusões, mentiras, prisões de estereótipos pré-concebidos, preconceitos, e despidos dessas cascas abrimos oa olhos. Os três galos cantam, e fazemos nossa confissão. Então na dor do despertar o dia começa a brotar. Mas nós é que despertamos o dia, chamamos o sol da verdade a partir do despertar na noite escura, e não o contrário. Somente quando ainda nas trevas nos preparamos para a luz é que ela nos é dispensada. Não se frustre ao desejar a luz sem ter aceitado as trevas. Ela iria cegar os dormentes. Uma locomotiva pesada passa sobre dormentes até que despertem e o descarrilem.

☕ Malone

Música: Wake Up, Rage against the machine.

No grupo do telegram em t.me/frater_malone tem mais reflexões sobre esse post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s