Peso

Cada um sabe o peso de ser quem é. Mas quem assume seu peso, ou sua leveza?

Saber escolher ser quem é, tem seu preço, sua medida, tamanho, e peso.

Quando assumimos nosso ser, nossas sombras, fazemos as pazes com cada uma delas, as aceitamos, e nos encontramos com nossa obscuridade, o poço fundo de nosso interior, conhecemos do que somos feitos.

Assim encontramos nosso verdadeiro peso e dimensão, e então podemos deixar que tudo isso seja verdadeiramente leve.

Não há como controlar as ondas do mar, quando estamos nadando à deriva, mas é possível encher o peito de ar, se controlar, controlar como reagimos à água, e então boiar e nos deixar levar pela correnteza até a praia. Com autoconhecimento e controle sobre ai mesmo, com o equilíbrio, podemos surfar na onda, sem controlá-la, mas nos controlando a nós mesmos.

Saber voar com o próprio peso, sem carregar nada que não é nosso, leva à aceitação de que o amor dá asas aos que tem a coragem de pular rumo ao caos que ele mesmo, o amor, representa.

🐘 Malone

Música: Dom de Iludir, Caetano Veloso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s