Mudança

Quando nos mudamos, há objetos, roupas, sapatos, livros, móveis, que não irão para a nova morada, por não caberem, por não mais serem úteis, por já terem cumprido seu papel na sua vida.

Há objetos por sua vez que serão comprados, adquiridos para o novo local.

Há objetos que serão mantidos, estavam antes e continuarão conosco mais tempo.

Nas mudanças de comportamento, de relacionamentos, mudanças internas, de jeito de ser, de profissão, e essas aparentemente mais abstratas, ocorre exatamente a mesma coisa.

A cada dia nos mudamos, somos seres novos. O que vai conosco e se mantém? O que fica para trás e não nos acompanhará? E o que de novo virá para preencher espaços, nesse criado pelo velho que foi?

Soltar o antigo, aceitar o novo, e manter o que ainda é útil, isso ocorre em toda mudança. Não aceitar o que vem é não mudar. Pedir mudanças sem aceitar trocas, é enganar-se.

A primavera precisa que o inverno se vá para vir.

💐 Malone

Música: As quatro estações, Primavera em Mi Menor, Vivaldi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s