Balança

Nossa vida é um intrincado tabuleiro com várias peças, movimentos, consequências e decisões variadas.

Buscamos a todo momento prazer e sobrevivência, enquanto o nosso lado instintivo e primal do cérebro comanda, reativamente, a vida.

Quando trazemos à consciência nossas questões e começamos a, nós mesmos, de forma desperta, tomar as decisões, sem responsabilizar nada do externo, sem inocência ou culpa, sem prisões mentais, o equilíbrio é buscado transcendendo a dualidade.

Encontramos ele em nosso centro, leve, fluído. Prazer e trabalho, espiritualidade e conquista material, emoções e razão, tudo com pitadas exatas de cada parte, criando cores impossíveis entre o preto e branco que o lado primal só conseguia ver.

Nossa sombra e luz são parceiras inseparáveis, estão juntas nesse jogo, e não precisam se opor, mas combinar.

Malone

Imagem da pintora surrealista Oksana Yambykh, 1966.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s