Criança

Em cada um de nós há uma criança que pede atenção, que olhe pra ela, que não à deixe só.

Quando deixamos a criança só no comando e por alguma razão não a acompanhamos, ela se sente ameaçada pois não está em seu lugar.

Sinais possíveis de que isso ocorre é sentir-se inseguro e com medo, culpar outros por consequências de escolhas que tomamos, falta de libido, ficar na defensiva, sentir-se inferiorizado, pedir desculpas com frequência, vitimizar-se, carência, desejo de ter o que é do outro, ou viver a vida do outro.

Quando não há um adulto em nós capaz de dar a mão à nossa criança, ela pede a mão dos outros adultos que conhecemos, e implora por socorro. Quando há um adulto em nós, capaz de trabalhar, de pagar contas, de se responsabilizar por suas escolhas, de sentir-se capaz de se manter e bancar o que escolheu, a criança se sente segura, calma e confortável, e pede apenas o que precisa.

É quando encontramos nosso centro, com leveza, tomamos o que nos foi dado, e cumprimos nosso propósito de liberdade.

O que sua criança pede? Tem ouvido sua voz?

Malone

Música: Ainda Bem, Marisa Monte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s