Escolhido

Ontem fui comprar espetinhos de churrasco para meu filho, que não é vegetariano, comer.

Observei que alguns estavam quebrados e questionei ao homem que os assava a razão de estarem assim. Ele disse: “esses são os escolhidos”.

Alguém escolheu o espeto ainda cru e ele deixou ali para assar, até que ficassem no ponto solicitado.

Fiquei imaginando que se alguém de fora chegasse e fosse escolher dentre eles, não iria querer um com o espeto quebrado, iria recusar pois seria mais difícil de segurar. Mal sabendo que já tinham “dono”.

Refleti sobre a vida nos espetos. Sobre quantas pessoas chegam e nos veem como espetos quebrados, e nos recusa vendo defeitos. “Muito isso, ou aquilo, poderia ser diferente…”. E nós como espetos somos assados sem ninguém que nos escolha. Até que quando estamos “no ponto”, assados, quem nos escolheu, antes mesmo de assar, nos leva.

Não somos quebrados ou defeituosos, somos apenas os que foram escolhidos antes. É esperar chegar no ponto.

🍢 Malone

Música: Dia de Comemorar, Seu Jorge.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s