Acabativa

🕑 Sl 137/138

Eu vos peço: não deixeis inacabada
esta obra que fizeram vossas mãos!

💡 Stephen Kenitz (a imagem é do site dele) cunhou esse neologismo para o opor ao termo iniciativa. Ou seja, temos a capacidade de dar início à projetos magníficos, a plantar ideias e criar planos incríveis. E terminar o que foi começado? A acabativa, segundo ele, seria a habilidade de finalizar a obra iniciada, a conclusão dos projetos, à consecução e colheita das ideias plantadas. O quanto estamos desenvolvendo nossas habilidades de concluir o que iniciamos? Como está sua força e disposição para finalizar o que previu e idealizou? A magia segue o princípio do mentalismo, de que o todo é mental. Mas o mental não se atém à idealização. A consecução, a manifestação do que foi emanado é também o todo. A magia é a conexão entre a emanação e a manifestação, estar nos dois polos. Quer prosperidade? Que tal finalizar seus projetos? Não espere o depois que não virá, faça como pode, a perfeição ideal pode te impedir.

👨‍🍳 Malone

Música: The lost art of conversation, Pink Floyd.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s